terça-feira, 26 de abril de 2011

ZEZINHO, USO CONTRA-INDICADO PARA O FUNCIONALISMO

Rabecão Municipal
foto: Sindicato do Funcionalismo


Volta Redonda. Neto deu R$ 8,00 de aumento para o funcionalismo e todo gente lá do seu gabinete comemorou: "O Neto é um bom companheiro. O Neto é um sujeito batuta..." Mas não havia nenhuma ironia naquele canto, não. Muito ao contrário; era um canto agradecido e sincero. Eles são companheiros perfeitos. Têm suas gratificações, seus acertos - RPA, GSE, essas coisas. Enfim, na Prefeitura, o pau que dá no Chico, não bate no Francisco. A turma do Chico é esse pessoalzinho aí que faz concurso, que bate ponto, que compra na conta. Mais da metade deles foi para R$ 540,00 de salário. Talvez chegue logo, logo a R$ a 550,00 por culpa exclusiva desse tal Salário Mínimo. O Neto acha um absurdo! Se fosse por ele a conversa já estaria encerrada, antes dos R$ 8,00 de aumento. Mas nem tudo depende dele. Agora, com a turma do Francisco é outra papo. É a turma do prefeito. Quase uma casta. É muito difícil alguém sair da turma do chico para a turma do francisco. Dificílimo! Mas o Franklin conseguiu. Ainda está com o jeito de recém-convertido : Um dia desses ela falou assim "nós, o povo". Mas deixemos isto e falemos desse rabecão entregando quentinhas que é mais importante. Não precisa reler, não que é isso mesmo! O pessoal do sindicato também não acreditou logo, não. Mas aí, de tanto ouvir as denúncias, correram lá, viram, fotografaram e filmaram o carro funeral transportando marmitex paa os funcionários da Prefeitura. Levava defuntos para a funerária até às 11h, depois quentinhas, depois defuntos novamente. Gente, precisamos de um Zezinho da Ética para uso geral, Um Zezinho versão full. Este que está aqui tem aplicação muito restrita. E é contra-indicado nas brigas com o Prefeito.


Segundo a insuspeitíssima Comissão Pastoral da Terra o MST, representa hoje, no Brasil, apenas 14 509 famílias. Um contingente menor do que o dos eleitores do Albertassi em Volta Redonda. Igual mais ou menos a três América Tereza. Pouco mesmo! E, dentre esses aí, estão contados os já acampados sob um pedaço de lona nas margens de estradas e as que invadiram áreas no ano passado. Não obstante as promessas e os votos da igreja, o pessoal acampando vive em situação de miséria, como mostrou o IBOPE em 2009. Apenas 1% dessa população dispõe de serviço de água e esgoto. O naufrágio do MST está no insucesso da reforma agrária. Evidentemente, uma concha de sementes, uma enxada e um ancinho não transformam um errante num agricultor. Isto esvaziou o MST e movimentos cogêneres.  Em 2003, havia 124 600 famílias envolvidas em invasões de terra, segundo a mesma Pastoral. Foi uma queda de 83%. Entretanto, esse movimento que só decresce continua cada vez mais grana do governo federal. De 2003 a 2010, os repasses do Ministério de Desenvolvimento Agrário para o MST e cogêneres aumentou de 285%. Esta doação, na verdade, não é uma invenção do PT; no governo Fernando Henrique já era assim. O PT só fez aumentá-la e aumentá-la. Isso amança  lideranças raivosas. Num recente movimento na Bahia, o governador Jaques Wagner em vez de retirar os manifestantes instalou chuveiros e banheiros químicos e ainda abasteceu os invasores com 600 quilos de carne por dia. Tudo com dinheiro público. Foi tanta fartura que o pessoal teve que salgar a carne para não a ver estragar.



Fernando Henrique sentiu que a classe média emergente está orfã. Viu que ela quer mais do que comprar a crédito nas Casas Bahia. Então, apontou para o seu pessoal: "É lá que vocês devem plantar promessas para colher votos. O sociólogo estava certíssimo mas até mesmo seus companheiros de partido deram o contra. Não é bem isso, ele queria falar aquilo.  Mas o fato é que o PT não dorme. Como se dizia antigamente, quando o Fernando Henrique ia pra buscar o milho o Lula já vinha com o fubá. Foi bem assim com o seu projeto Minha Casa Minha Vida, já transformado em Sua Casa, Minha Vida. É que no projeto que era para atrair os pobres já colocaram umas cerejas para adoçar outros paladares. Encontram-se nos seus imóveis, agora, padrões que eram particulares, apenas, as classes A e B.  Agora, não é nenhuma novidade encontrarem-se, nos imóveis do projeto, casas com piscina, campo de futebol, quadras esportivas, garage band, home cinema e até academia de cultura física. Apartamentos duplex tem de monte nesses condomínios. Em Ribeirão Preto, a incorporadora de Sacarelli lançou projeto com 36 coberturas duplex de 91m2. Vendeu tudo em um mês e meio. Evidentemente essas construtoras trabalham com um olho na missa e outro olho no padre.  Tem critérios muito bem definidos. Em regiões de clima quente as piscinas são acessórios obrigatórios. Nos lugares frios, a piscina cede espaço para salas de música, academia e espaço gourmet. 



Tá certo que o homem se ofende se for chamado de cachorro. Mas os dois talvez formem o par de amizade mais antigo e mais verdadeiro do mundo. Cachorros e homens vivem juntos há, pelo menos 12 mil anos. Uma relação de que os dois tiraram vantagens. Mas, o cachorro que não era um predador de sucesso teve que se adaptar aos hábitos e mudanças de hábitos dos homens. Agora, o poder de adaptação dos cachorros vai ser posto num teste dificílimo. Pessoas que se tornaram vegetarianas ou veganas (não comem nenhuma espécie de proteína animal, como o leite, por exemplo) querem submeter seus cães à mesma dieta. Isto já vemsendo aplicado há um bom tempo. O hábito de alimentar animais com vegetais começou nos EUA no fim dos anos 1960.
z




DHA é o nome pronunciável dahidroxiacetona. É essa substância que passada sobre a pele vai produzir o bronzeado tal como registrado na foto acima. Agora, dar esse broneado no corpo sem ir à praia e nem deitar-se horas esquecidas na laje. O dermatologista Alexandre Fillipo, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, diz que esse bronzeador moderno supera em muito os anteriores. Diz que o resultado ficou mais natural. Com a nova técnica não há perigo de uma área do corpo ficar mais escura que a outra. E o restabelecimento da cor normal se dá em uma semana. A tendência é a de grande aceitação umavez que as câmaras de bonzeamento articial estão proibidas no Basil.

CURIOSIDADES



Fiasco. Chama-se fiasco ao resultado desastroso de alguma empresa, tentativa, alguma coisa assim. Fiasco em italiano significa frasco. A origem da expressão coube a uma história passada com Biancoletti, célebre ator italiano. Nessa época, ele trabalhava numa peça muito em voga. Era um monólogo. E ele levava para o palco sempre alguma coisa para inspirá-lo nos efeitos cômicos que ele imprimia à sua narrativa. Uma hora era uma peruca, outro era um sapato, um boina... e assim ia. Um dia levou uma garrafa (fiasco). Mas fosse pelo que fosse, nos seus improvisos com a garrafa não conseguiu arrancar risos da plateia naquele dia. O artista então atirou-a ao chão e disse "por sua causa fiz papel de bruto". Desde então sempre que um ator não agradava se dizia - "temos um fiasco" Fonte Dicionário Etmologico da Lingua Portuguesa - Antenor Nascentes (Tomo I)




No ano de 756, Pepino, o Breve, rei dos francos, deu ao Papa um grande território no centro da Itália. Em 1870, o rei Victor Emanuel II reincorporou aquela área ao Reino da Itália. No ano seguinte, ele propôs deixar  o então Papa Pio IX, como chefe do Vaticano e conceder-lhe uma indenização. O acordo não foi fechado. Iniciou-se aí a Questão Romana. Em novembro de 1929, a Igreja aceita aquelas condições antes propostas.  Foi, então criado um novo Estado, - o Vaticano. Esse acordo, Tratado de Latrão, foi assinado pelo ditador Benito Mussolini. A igreja ganhou a soberania sobre este estado e garantiu recebimento de indenização financeira pelas perdas territoriais. O o governo italiano reconheceu o catolicismo como religião oficial e aboliu o divórcio.  Em 1978 esses termos foram reformulados. O divórcio foi reintroduzido na Itália. O Vaticano continuou onde estava mas Roma aboliu o título de "cidade sagrada".

sexta-feira, 22 de abril de 2011



Volta Redonda. Até pensei que o Prefeito tinha dado um treco. De uma hora para outra, ele deixou de ser o neto que todos sabemos que é e assumiu a gravidade de um avô, que a gente sabe que ele não é. Chamou os diretores da Verdurama, botou todos sentadinhos em volta da mesa e, daí pra frente, foi só esculacho o que se ouviu.  Ralhou com eles todos. Faltou só chamá-los de isso e aquilo, conforme se dizia antigamente. Faltaram também os bolos na palma da mão. Mas que falou poucas e boas, falou. E, sempre com a cara amarrada, mandou que pagassem as merendeiras municipais. E se despediu seca e ameaçadoramente - "Espero que isto nunca mais se repita!" Quer dizer, na verdade, ninguém viu nada. O que se soube foi pelos jornais. O Neto chamou o Foco Regional e disse: - "Fala que eu disse assim, assim, assim e que eu fiz assim, assim, assim". Aí, a gente ficou sabendo dessa surpreendente verdade. De fato essa tal Verdurama vinha  atravessando o samba. Onde já se viu atrasar pagamento de pessoal, dormir tranquilo e acordar feliz da vida com o dia? Que maravilha ter uma empreiteira na Prefeitura! Eu, sinceramente, não contava com uma reação tão imediata. Essa greve das merendeiras começou e acabou quase que num único ato. Não houve nenhuma passeata, nenhuma palavra de ordem, nenhum ato cívico. Não houve sequer um discurso da Dodora. Quando as merendeiras voltaram às escolas suas panelas ainda estavam quentes da última jornada. Mas algo me diz que o Neto tomou esta atitude assim por ciúmes. Nada de ninguém ombreando com ele. Neto é Neto, Verdurama é Verdurama. A Prefeitura acha que é só ela que pode ficar devendo na cidade. Coitado do ECAD. 


Dilma Rousseff cismou. Bate o pé no chão. Quer porque quer uma vaga permanente no Conselho de Segurança da ONU. Ela diz que não se trata de nenhum capricho. Eu penso que sim. Na  última participação interina, no conselho, o Brasil, se recusou a votar. A questão era a de haver ou não a intervenção internacional na Líbia. O Brasil acomodou-se no muro. E, depois, por boca de um e de outro representantes o Brasil dava explicações contraditórias.  Na hora H em que devia falar, opinar, seguiu as orientações da mamãe - Em boca fechada não entra mosquito. votar o Brasil. Então, quem não tem pescoço não compra cachecol.  Aqui, no Brasil, a gente tem muitos problemas na fila, pedindo atenção. E a Dilma nos deixa com o pé atrás.  No dia 27 de janeiro, ela veio à região serrana ver de perto a tragédia fluminense.  Mais de 1000 mortos. A Presidente compungida declarou: “Vamos construir 6 mil unidades para as famílias desabrigadas. Sérgio Cabral, ao seu lado, sorriu “é minha irmã”. Talvez, estivesse se lembrando das promessas que ele fizera no Morro  do Bumba, em Niterói e não cumprira.  E, até hoje, nem em uma catástrofe nem na outra, nenhuma casa foi construída. Ninguém saiu dos abrigos improvisados. É. E, no entanto, vejam o caso do Japão. Atingido por um terremoto seguido de um tsunami. O governo encomendou logo  4 mil casas pré-fabricadas. Quando os japoneses estiverem todos acomodados em novos tetos esses nossos flagelados ainda estarão mal acomodados em abrigos improvisados, e o País brigando por uma vitrine internacional.




Tive uma tia que deve ter apanhado muito na boca, quando era criança. Era muito da desbocada. Pessoa boa, religiosa e mãe de família. Não tinha nenhuma vaidade a não ser essa confortadora capacidade de calar um ofensor com um xingamento, no justo ato da ofensa. Ela, entretanto, tratava seus palavrões como tratava suas moedas. Nada de xingar à toa. Nada de desperdício. Nas situações menos graves, ela usava o  “filho da mãe”! . Para as situações sérias ela possuía um excelente e vasto repertório de palavrões pesados.  No mais, vivia feliz, cantando seus hinos evangélicos enquanto remexia as panelas ou esfregava roupas no tanque. Morreu de velha sem nunca ter tomado um calmante. Agora, tantos anos depois, vem esses gringos - Richard Stephens e Claudia Umlamb, dois cientistas britânicos – com sua tese acadêmica defendendo que xingar é bom. Vão até defendê-la lá no CNA British Psycological Society na Escócia. Tudo com prova provada. Juntaram 71 voluntários, submetidos a um questionário. Assim, pode classificá-los. Afastou-os em dois grupos. Para um lado, os que falavam até 10 palavrões/dia e do outro os que falavam até 40. Daí, os mandou meterem as mãos em baldes de água gelada. E podiam falar apenas duas vezes. Na primeira diziam uma palavra comum escolhida pelos pesquisadores. Na segunda, a escolha era pessoal. Os que mais resistiram a dor estavam entre os que xingaram na opção individual. Entretanto, observou-se que o efeito analgésico do palavrão foi quase nenhum para aqueles que o usa com muita freqüência. Fico pensando na cara da minha tia lendo esta notícia.


CURTAS


Barulho de sinos levou moradores a entrar na Justiça contra o Mosteiro das Carmelitas. O Engenheiro Antonio Celso Cancilieri acordava todos os dias com enxaqueca. Aquele infernal badalar de horas, o despertava às cinco da manhã. Eram os sinos do Mosteiro das Carmelitas. A vizinhança se juntou e foi parar na justiça, que decidiu por silenciar o Mosteiro das Carmelitas de Piracicaba, a 160km de São Paulo. Desde a inauguração da igreja os sinos tocavam 10 vezes por dia, das 5h da manhã as 21h. O laudo do som aferido mediu 57 db que já pode ser considerado poluição sonora. Os limites estabelecidos pela ABNT são de 55db em bairros residenciais. Os fiéis consideraram ilegítima a contagem, fizeram um abaixo-assinado e vão pedir a justiça que o sino volte a tocar.



Em 1922, Earl Carnavon, arqueólogo inglês, descobriu a tumba de Tuntacamon. E assim chegaram às suas jóias pessoais – simples berloques sem valor, e tantos outros objetos levados para a tumba com ele. Lá estavam também dois trompetes - um de prata e outro de bronze.  Tutacamon foi rei do Egito morto aos 19 anos de idade em 1524 aC.  Os trompetes ficaram guardados no Museu do Cairo. No recente levante popular, o trompete de bronze foi roubado dali, mas logo depois devolvido. A BBC então trouxe mais uma vez ao público uma gravação feita com aquele mesmo instrumento em 1939. Depois, de três mil anos mudo no Vale dos Reis puderam ouvir seu som. Estão de novo calados. Dada a repercussão do caso, o Serviço de Antiguidades Egípcias vai autorizar uma nova transmissão com eles do Cairo para o mundo.




Vira e mexe tem gente reclamando da mídia e quer regular a liberdade de imprensa. Isto é mais coisa de ditadores – Fidel, Chavez, Mubarak... há uma infindável lista deles. Tem que se acabar com este conceito curiboca de que um cidadão só é bom se ele for vigiado. Agora, tem aí essa Frente Parlamentar pelo Direito à Comunicação, lançada no dia 19. E, para mostrarem sua lisura de propósito, anunciam que nesta frente parlamentar há deputados que enfrentaram a ditadura. E, por isso, sabem o que é conviver com o arbítrio. Apontam que a Grande Imprensa quer sempre impor algo contra a sociedade e que foi ela quem derrubou Getúlio Vargas em 1954 e Jango Goulart dez anos depois. Mas isto não passa de ignorância histórica. Os blogs como este e tantos outros têm a liberdade de colocar as coisas como acreditam. Se não o conseguem é por incapacidade própria... no Egito  conseguiram se impor e Lassange está aí arrastando para baixo das suas asas os maiores jornais do mundo.

CURIOSIDADES


O AbortoO aborto é questão fechada para a Igreja Católica. Não admitem nenhuma discussão sobre o tema. Mas nem sempre foi assim. Ao contrário do que se pensa, a condenação do aborto pela Igreja Católica é algo mais ou menos recente na sua história de 2000 anos. A interrupção da gravidez só se tornou pecado em 1869, por um acordo entre o Papa Pio 9º e o imperador francês Napoleão 3º. Isto porque a França passava por uma crise de baixa natalidade. Preocupava o governante. Para colaborar com os interesses do imperador o papa a partir daquele momento definiu o aborto como pecado. Antes disso, a igreja não tinha uma posição firme, determinada. Oscilava entre condenar ou absolver o aborto em certas fases da gravidez. Fonte Superinteressante



O frei e o decoteNão é de hoje que algumas modas no vestuário fazem corar os mais conservadores. Durante o Século XVIII, a convivência de um mundo profundamente marcado pelo moralismo religioso com as inovações nas vestimentas das classes mais abastadas causou um choque. Foi o caso do decote nos vestidos das mulheres na corte francesa, logo copiado nos altos círculos sociais do ocidente, inclusive em Portugal. Em visita a Lisboa, em meados daquele século, o bispo do Pará, frei João de São José Queiroz, chegou a cometer um ato disparatado por conta da novidade. Em recepção no palácio viu o vasto decote da rainha e, em nome da virtude, não resistiu: atirou um lenço sobre o busto real. Fonte No tempo dos vice-reis de Luis Edmundo



Zuzu Angel. Zuzu Angel foi uma modista estabelecida em Ipanema, no Rio de Janeiro. Mas sua vida não ficou marcada apenas nem principalmente pela alta costura. A repressão militar provocou uma reviravolta em sua vida.  Seu filho, Stuart Angel, era um militante político filiado ao MR8. Foi preso, torturado e morto nas dependências de uma unidade da Aeronáutica, no Rio. Além de causar polêmicas e buscar permanentes contatos com autoridades, Zuzu utilizou a moda como campo de batalha contra o regime autoritário. Criou coleções com estampas de manchas vermelhas, pássaros em gaiolas e símbolos militares. A estilista recebeu ameaças, sua casa foi incendiada e ela morreu num suspeito acidente de carro  na madrugada de 14 de julho de 1976

terça-feira, 19 de abril de 2011



Volta Redonda. Aproxima-se o dia, prezado contribuinte, que você vai ser de novo abraçado e cortejado. Será uma figura caçada até debaixo da cama. Vai ser no dia da eleição que vem aí. Por enquanto você pode andar descansado que ninguém o notará. E se você insiste são eles que desaparecem.  Mas eles, os políticos, futuros candidatos, já se veem e já se apaupam, entre si. Baltazar e Gothardo visitam Zoinho; Granato fica de bem com Neto. Faz juras de amor eterno e revoga as disposições em contrário. Granato escreve a lápis. Mas, enfim, vão todos se ajeitando. Daí a pouco estará armado o nosso  BigBrother municipal. Também chato, também sem audiência. Nossa lista vai desde um certo Loureiro até o Zoinho. São os dois extremos do arco. Bem, Zoinho dispensa apresentações - foi vereador, é deputado, o mais bem votado na cidade. Tem, enfim, um  lastro. Agora, apresentar o Loureiro ao eleitorado vai  ser uma parada. Fico a imaginar o cabo eleitoral defendendo o seu nome. O eleitor pergunta: "Quem é esse Loureiro?" e o cabo eleitoral responde "Loureiro é aquele que desclassificou o Voltaço em 2011." Convenhamos que essa conversa não vai atrair o leitor que vai se imaginar perdendo mais um tranquilo final de semana de praia em Perequê.  Fora esses dois, ainda se tem o Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Renato Soares pelo PCdoB, Sérgio Boechat (PHS) e, talvez, ainda Granato e Dodora (Psol). Na verdade, Granato ainda não decidiu se se candidata a Prefeito ou a Vereador. De fato ele não pode exigir muito porque é um noviço no convento. Situação difícil porque o Neto não sabe sequer o seu próprio destino, vai ter que apontar caminho para outros. Renato Soares e Dodora vem dos sindicatos, que andam meio caídos, garroteados por expedientes federais. Aliás, a Dodora com muito mais tempo de estrada. Dodora é uma espécie de avó do movimento sindical em Volta Redonda. Boechat tem proposto a discussão da cidade. Isto talvez seja, eleitoralmente, mais do que a foice e o martelo do Renato Soares. 





Fernando Henrique Cardoso deu um sopro de vida nas narinas quase inativas do moribundo PSDB. Alguns espasmos e, talvez, até coices denunciaram que o ar tinha lhe chegado aos pulmões. Não foi muito bem recebida  esta tentativa de trazer à vida um corpo já se acostumando ao decúbito. Mas o sociólogo estava certo. Escreveu um ensaio que é quase uma cartilha. Só os cérebros mais obtusos não o entenderam. Por este ensaio, Fernando Henrique propõe que o PSDB tenha o seu próprio rosto, que pare com essa tolice de lutar desesperadamente pelos votos abrigados dentro das organizações sociais e junto ao povão. As organizações a que se refere são os sindicatos, Ongs e quejandos. Povão é essa massa cooptada por benefícios do governo. Ele propõe que o PSDB deixe esse grupo que é indissociável do PT e vá buscar apoio na classe média, que tem outros objetivos. A nova classe média é um vasto universo de 29 milhões de pessoas que eram pobres e nos últimos seis anos tiveram uma ascenção social, fruto dos seus esforços pessoais, estudando, trabalhando, buscando créditos. A classe média, hoje, no Brasil é o maior grupo social do País. São 94 milhões de cabeças. É 51% da população. E é uma classe mais exigente. A sua aspiração não é a de ser tutelada pelo governo; querem oportunidades para si e para seus filhos. E isto não quer dizer que se é contra pobre não.

CURTAS



Dorothy McGurk postou alegre e esperançosa suas novas fotos no blog. Praticante da dança do ventre, sentiu-se à vontade para insinuar-se um pouco mais. Deitou ali umas mensagens instigantes – “Hoje, eu decidi dedicar-me mais a minha dança... Mas só me vou sentir feliz o bastante quando eu puder dançar para vocês todos e fazê-los sentir toda minha euforia” Dorothy, 43 anos, é ex-esposa de Brian McGurk, desde há três anos separados. No processo da separação, ela alegou que um acidente de carro a incapacitara para o trabalho. Então, a coorte decidiu que ela ficasse com a casa do casal e que seu ex. ainda lhe teria que pagar a pensão mensal de $850. Agora, via internet caía nas mãos de Brian McGurk a prova de que sua Dorothy não estava tão inativa assim. Recorreu da sentença e ganhou o processo. A moça bem que tentou mais uma vez ludibriar a justiça, alegando que praticava a dança do ventre por prescrição médica. Mas o médico citado não confirmou essa declaração. Ficou, então Dorothy obrigada a custear este último processo. E a casa onde residia foi posta à venda. Pela qual ela receberá 40%. Aí, foi que ela dançou de verdade. Fonte: The Daily News



Em 1970,  com a conquista da Copa do Mundo de Futebol pela terceira vez o Brasil tomou posse definitiva da Taça Jules de Rimet, que, 13 anos depois foi cortada em pedaços e fundida. Foi o que se descobriu anos mais tarde. Agora, nesta última terça feira (12) o jornal Corriere della Serra deu a notícia de que a Bola de Ouro recebida pelo jogador Maradona no Mundial de 1986 e anos depois roubada em Nápoles, foi derretida e fundida em lingotes. A informação veio pelo jornal italiano Corriere della Sera. Arevelação foi feita por um dos padrinhos do grupo mafioso Camorra, Salvatore Lo Russo. Ele é acusado de tráfico de drogas e, durante o julgamento, fez esta revelação.  Segundo o Corriere della Sera, Lo Russo já havia ajudado Maradona a recuperar alguns relógios que também lhe foram roubados na cidade italiana mas quando tentou fazer o mesmo com a Bola de Ouro  já não havia mais tempo. A Bola de Ouro estava transformada em lingotes.




Vem, do próprio México, a notícia de que o fim do mundo em dezembro de 2012 foi adiado. Portanto, haverão eleições municipais no Brasil. É que havia revelações de um apocalipse batendo às nossas portas.  É que fora encontrada uma pedra calcária no território dos antigos maias, contendo essa informação. Mas, agora, José Luis Romero, subdiretor do Instituto Nacional de Antropologia e História do México, desmentiu essa possibilidade. Apresentou essa pedra, calendário maia, publicamente. Mostrou que o que está escrito ali é referência ao fim de uma era, que nada tem a ver com o final do mundo. Mas o rumor era muito forte e tinha até data marcada para o sinistro -  23 de dezembro. Foi até feito um filme, 2012, estrelado por John Cusak com essa temática.  A civilização maia já existia no século 15 aC e chegou ao auge entre os anos 200 e 900 dc. Quando os espanhóis chegaram à América, a civilização já havia entrado em declínio por conta de disputas internas.


CURIOSIDADES



Charlote Corday, natural da Normandia, era uma mulher belíssima. Aos vinte e cinco anos, ficou muito impressionada com a figura de Brutus descrita por Voltaire. E, não levou muito tempo para identificar Jean Paul Marat, como um novo Julio César. Ela seria o seu Brutus. Escreveu uma carta a Marat, se propondo a falar sobre uma rebelião que se instalava na Normandia. Na manhã de 13 de julho de 1793, ela comprou uma faca no Palais Royal e se dirigiu para a casa do líder jacobino. Só foi recebida depois de algum escândalo que fazia. Às 17h Marat resolveu recebê-la. E recebeu-a, em audiência, ali mesmo na banheira onde ele tomava banho. A jovem entrou, tirou de entre os seios um punhal e o matou, furando-lhe o peito. Presa e condenada, subiu a guilhotina quatro dias depois. Marat era professor de línguas, médico, escritor e uma grande liderança da Revolução Francesa.
Fonte Valmiro Rodrigues Vidal, Curiosidades




Sinal do SOS. Há várias versões sobre a origem do SOS,  como pedido  de socorro. Há os que acreditam que ela venha de uma prece que os náufragos fazia no apelo – Save our souls!  (Salvai as nossas almas). Há, também, os que falam que sua origem está no naufrágio do Titanic. Esta definição não se parece real. Ninguém vai imaginar que o comandante de um navio que naufraga vai pensar ainda em inventar um sinal pelo qual poderá não ser entendido. Há  outros que pretendem que a adoção dessas letras como pedido de socorro tenha aparecido na infância da radiotelegrafia. Elas teriam sido escolhidas porque no Código Morse o S se escreve com três pontos (...) e o O com três traços (---). Muito fáceis de escrever até nos momentos mais difíceis.
Fonte: Valmiro Rodrigues Vidal - Curiosidades




Guerra do Paraguai. Este foi o maior conflito armado internacional dos ocorridos na América do Sul. De um lado ficou o Paraguai e, do outro, tres outros países Brasil, Argentina e Uruguai. Foram seis anos de intenso combate até que se transformou o Paraguai numa  terra arrasada. No Brasil, Argentina e Uruguai ficou conheceida como Guerra da Tríplice Aliança (Guerra de la Triple Alianza) e os Paraguiaos a conhecem como a Guerra Grande. Já com a guerra perdida, acuado nas matas do norte do Paraguai, seu presidente usou um escudo com velhos, mulheres, crianças  e adolescentes armados de paus, pedras e cacos de vidro. Foi um massacre. 100 mil deles foram mortos - quem não morreu na briga foi degolado depois.
Fonte: revista Historia da Biblioteca Nacional

sexta-feira, 15 de abril de 2011



Nunca mais vi aquele homem que não acreditava na vitória do Zoinho, na última eleição. Ele quis até apostar comigo um engradado de cerveja. Eu falei que um engradado era muito pra mim, que eu bebo no máximo umas seis. Ele até zombou "Zoinho? Quá, quá, quá..." Zoinho é bom pra gente apostar nele. Foi o mais bem votado em Volta Redonda. Agora, sem nenhum favor, é o mais forte candidato para derrubar o Neto.  Deus o ajude! É só ele fazer tudo ao contrário do Neto. Dar aumento descente para o funcionalismo, limpar a cidade, e respeitar a lei do silêncio por ele tão desrespeitada nos bairros e dizer que nos hospitais além de filas de doentes vai ter médicos também... enfim, é só ver o que ele faz e propor o contrário. Fala-se também no Albertassi (quem fala é a América Tereza... Ele ajuda muito ela). Mas ele teve uns vinte e poucos mil votos aqui na cidade. Equivalente a votos de dois vereadores. Vale dois Sorós. No máximo, no máximo, tres Terezas. Eu, sinceramente, acho pouco.



Há, pelo menos, duas instituições federais respeitáveis. Respeitabilíssimas! São o Instituto Benjamim Contant e o Instuto Nacional de Educação de Surdos (Ines). Podiam muito bem ser a vitrine de qualquer governo, mas estão colocados num quartinho dos fundos.  Agora, pretendem mesmo enxotá-los de lá. D. Martinha Claret do Ministério da Educação, já deu a carta de despejo - até o final do ano os institutos vão fechar. Nesses institutos se educam surdos e cegos. Todos com professores especializados. No Ines, há 80 professores com formação em Libras (Língua Brasileira de Sinais). Funcionam muito bem os dois institutos. Talvez eles pensem que esse negócio de serviço público funcionar bem pode terminar trazendo problemas. O povo pode ficar mal acostumado e querer que tudo funcione também. São 500 crianças surdas e 300 cegas, ali atendidas. Todos deverão ser transferidas para escolas convencionais. As duas comunidades se levantaram e tomaram meia pista da Av. Pasteur na Urca. Martinha insiste que esses institutos segregam crianças. O Ministro da Educação, entretanto, negou ao Globo qualquer ação oficial em relação a isto. Ainda bem que esse pessoal é muito desorganizado. Por isso as besteiras tem sido menores.  Fonte: Jornal do Brasil




Nossos irmãos do Norte sentiram as pernas bambearem. Quase caíram de joelhos. Que seria agora do mundo com aquele poeirão que os Estados Unidos estavam comendo,  corrida espacial? Era 12 de abril de 1961 e Gagarin, cosmonauta soviético, voltava do seu entorno pela Terra. Parecia um ser celestial. Tanta gente querendo saber disto e daquilo lá de cima. Coisas que nem ele próprio sabia. Porém, qualquer coisa que dissesse, ficaria  gravado como um Novíssimo Evangelho. E Gagarin não podia ser mais simples. Falou: "A Terra é Azul". E como que uma corrente aquela recentíssima verdade revelada foi se espalhando. Entrou em marchinhas do nosso carnaval, entrou em samba bossa nova e como título do livro de um amigo meu.  Todos canais de TV repetiam tudo diante das caras amarradas dos oficiais da NASA. Mas, na verdade, aquilo nem era para ser surpresa. Os EUA, na corrida espacial, vinham comendo poeira havia cinco anos. Em 1957 a Rússia lançara o Sputinik 1. E, ainda naquele mesmo ano, o Sputinik 2 levando a cadela Laika. Enquanto, isso, os americanos, em 1958 colocavam timidamente o seu primeiro satélite em órbita, o Explorer 1 com 14 kg de massa. E os russos lançavam o Sputinik 3 com 1327 kg. A contemporaneidade da guerra fria, de 1950 a 1960, acendia ainda mais o clima da disputa. O pano de fundo era  o Muro de Berlim, a Guerra da Coréia e os mísseis de Cuba. A corrida despertava até ânimos populares.  Quem a vencerá? Havia também daqueles que achavam que o espaço era um domínio divino. Ainda hoje existem desses indivíduos que não acreditam que o homem foi à Lua. Nesta semana, a Rússia comemorou os 50 anos desse feito de Gagarin. Não se devia, entretanto esquecer o nome do  engenheiro soviético Sergey Parvlovich Korolev (1906-1966), o pai do programa soviético. Somente após sua morte seu nome foi revelado e foi justo com a morte dele que o projeto soviético perdeu toda a força.
Fonte: revista Time


CURTAS



Trabalhar na Abin - Agência Brasileira de Inteligência - era uma barreira dificil. Isto se a gente levar em conta o edital do concurso passado. O candidato, depois de uma bateria de testes intelectuais teria que se submeter a exames de fezes, de urina e toxológicos por amostra de cabelo ou raspa de unhas. Obesidade, fraturas mal consolidadas, distúrbio na fonação, tudo era eliminatório. Agora, o UOL notícias mostra a outra face da lua. Tres funcionários da abin apresentaram uma peça teatral para aperfeiçoar o uso do idioma pátrio na instituição. Batman, Robin e Mulher Gata são os personagens. Os dois primeiros devem prender a última. Batman e Robin são péssimos em português. Mulher gata um tanto melhor. E escapa sempre corrigindo erros dos dois.  O vídio foi produzido pela Escola de Inteligência da Abin. A peça foi gravada em vídeo e distribuído pelo Núcleo de Educação à Distância da agência.
Fonte portal UOL Notícias




Os médicos, apesar dos avanços da medicina, estão sendo tentados a voltar ao século passado. Nada desses exames por máquina que custam o olho da cara. O diagnóstico, agora, deve ser feito observando-se a língua do paciente, os seus olhos e, quando muito, mandando-o escarrar numa vasilha de louça ou alumínio. É o que querem os convênios médicos, segundo denúncias que chegam aos montes à ANS (Agência Nacional de Saúde). O esquema funciona mais ou menos assim: o plano faz um contrato com o médico para que ele peça menos exames. Em troca, eles recebem no final do mes, uma merendazinha, que pode ser dinheiro ou mesmo um melhor preço para a consulta. Pela súmula dqa ANS publicada no Diário Oficial as empresas (convênios) que assim se comportarem serão punidas com advertência ou multa de até R$ 35 mil. Um levantamento feito pelo Data Folha diz  que 80% dos médicos entrevistados afirmam que todos os médicos já sofreram esse assédio.
fonte: jornal A Folha de São Paulo 


Manuel Segovia


Ayapaneco era um idioma falado por milhares de pessoas na região de Tabasco, no México. Veio resistindo como pode à conquista dos espanhóis, guerras, enchentes e pestes e agora tem talvez o seu maior desafio. Hoje, em todo esse vasto mundo, só há duas pessoas que falam esta língua. Essas duas pessoas moram a 500m uma da outra mas não se falam nem que a vaca tussa.  Eles não se dão. Manuel Segovia, 75 anos e Isidro Velazquez, 69 não falam um  com outro. Eles se odeiam. Segovia lamenta que no seu tempo de criança era fácil conversar em Ayapaneco com outra pessoa. Muita gente falava essa língua. Aos poucos o idioma veio sumindo. Restou-lhe então um irmão com quem conversava sempre. Mas agora seu irmão já morreu. Segovia lamenta que a língua vai morrer. Para evitar a extinção do idioma, o lingüista Daniel Suslak, na Universidade de Indiana nos Estados Unidos pretende fazer um dicionário ayapaneco, com a ajuda desses dois bicudos. E o Instituto Nacional Indígena do México pretende organizar aulas de ayapaneco com esses dois queixos duros. FONTE The Guardian.


CURIOSIDADES




Santo Antonio era português e passou à História como Santo Antônio de Pádua ou de Lisboa. Teria vivido de 1195 a 1231. Foi canonizado em 1232. Mas este santo teve uma vida quase material entre nos tempos que sucederam a sua morte. No século XVII, 1635, portanto quatro séculos depois de morto, Antônio ingressou simbolicamente no exército portugues por iniciativa de Afonso VI, que viu no santo há muito desaparecido a milagrosa bandeira da vitória contra os exércitos castelhanos na batalha de Montes Claros. E deu-se oo milagre. O inimigo foi esmagado sob o comando simbólico de Antonio, o soldado de Deus. Em 1685, o milagroso santo entrou para a milícia brasileira, por ocasião da guerra dos Palmares. Em 1711, El rei o promoveu a capitão, no Brasil. Até que em 15 de novembro de 1890, o Marechal Hermes da Fonseca cortou os soldos pagos ao santo conforme consta no Livro 486, fl 31, na extinta Diretoria de Contabilidade do Ministério da Guerra.







O Papa Gregório VII, nome real Hildebrando, nasceu na Itália em 1020 e faleceu 60 anos depois. A sua eleição ao primeiro mandatário da Igreja Católica se deu de forma bem fora dos padrões. Foi eleito por aclamação popular em 22 de abril de 1059. Não era sequer sacerdote na oportunidade e, por isso, era uma transgressão à legalidade estabelecida. Não obstante tudo isto recebeu a consagração episcopal. Foi um padre forte na função. Mandou prender o imperador alemão Henrique IV. Isto porque o monarca rebelara contra ordens papais. Isto se deu em 1077 ficou detido por 3 dias até que conseguisse a absolvição.



terça-feira, 12 de abril de 2011

MUITO ALÉM DA TRAPOBANA

Resto de barraca jogado na beira do rio
Paraíba na Ilha São João


Sempre que o  Zezinho da Ética na Política some, eu visto minha camisa pelo avesso. Está lá nos ensino de São Cipriano que é conveniente fazê-lo nos maus agouros.  E todo mundo sabe que  o Zezinho calado é a lâmpada amarela do semáforo. Minha mãe sempre me falava " Criança quando está muito quieta boa coisa não é. E olha que ela nem conhecia o Zezinho, nem de ouvir falar. Minha mãe era muito sábia. Mas desculpem-me, distraí-me e quase deixo escapar o principal. Veja, este silêncio compulsório do  Zezinho me faz supor que a Câmara Municipal se entregou aos braços do Prefeito e que agora como que encantados vivem os dois num corpo só. Dividem até a enxaqueca. Enquanto um fica com a dor de cabeça o outro faz o vômito.  Às vezes, eles até enganam a gente. Num desses dias, a Vereadora América Tereza subiu nas tamancas. O bairro dela estava cheio de lixo que a Prefeitura não recolhia. Ela pedia, pedia, pedia... e nada, nada, nada. Ela estava transfigurada. Eu até pensei que ela tinha tomado remédio errado.  Faltou xingar o prefeito. Disse que ia alugar um caminhão e contratar uns homens e, com seu próprio dinheiro, ia pagar o serviço.  E desceu pisando duro. Um prestimoso funcionário deu-lhe um copo de água. Suponho que era água com açúcar. Confesso que até senti orgulho daquela disposição. Até achei justas aquelas férias remuneradas de um ano que ela tirou no exercício passado. O Conrado, presidente da mesa, pediu calma a colega, que não agisse precipitadamente. Prometeu convocar todos os vereadores para irem juntos solicitar ao prefeito a limpeza do Barreira Cravo. Não sei se foram mesmo falar com o prefeito. O que sei é que o lixo continua lá. E até eu mesmo me rendi a ele. Procurando uma foto para ilustrar essa nota passei pelo Zezinho, passei pelo Conrado, passei pelo Prefeito, e escolhi o lixo. Valha-me Deus!





Nos meus tempos de criança,  a vocação médica era testada pela capacidade do menino de estripar um sapo, ou um passarinho e de ter  a letra feia. Quem tinha a letra bonita e queria ser médico passa dias inteiros treinando fazer letra que ninguém entendesse. Eu conheci um médico que o que ele escrevia num dia não conseguia entender no dia seguinte.  Ia gente a beça tratar com ele. Achavam que ele era um gênio. E ele também se achava assim. Todos os dias se esforçava para escrever pior do que no dia anterior. Era um perfeccionista. Mas agora esse tempo está passando. A Faculdade de Medicina da Unesp, Botucatu, São Paulo, quer dar um basta nesse negócio de letra propositalmente ilegível  e outras inadequações na prescrição de medicamentos. Seus médicos vão ter que aprender tudo de novo. Desde as letras de mãozinhas dadas. O Ministério da Saúde, gostou da idéia. E até colocou seu conteúdo online.   A Professora Thais Queluz, coordenadora do curso, diz que entre suas metas está a de conscientizar esses seus novos alunos de que a receita médica é um documento do paciente. Ele precisa entender o que está escrito nela. Segundo dados da OMS, metade dos medicamentos que circulam no mundo foi prescrita, administrada ou vendida erradamente e levou muita gente para o buraco mais cedo.
Fonte - jornal O Estado de São Paulo




Foi proibido o uso da burca na França. Esse Sarkozy é um número. Mata dois coelhos com uma bala só. Não quer saber de mulher coberta até os olhos. Mata de ciúmes a Carla Bruni, finge que é o Berlusconi da França e faz afagos a essa turma do século XIX que são os seguidores de Martine Le Pain. No Paquistão e no Afeganistão a burca é usada livremente. Como são as coisas! No final do ano passado, Washington Post e outros 800 jornais censuraram uma charge de seu quadrinhista Wiley Miller, porque havia uma referência a Maomé. Temeram por uma represália. No Brasil, o próprio governo, censurou Monteiro Lobato, reeditado na Rússia mais uma vez.



Um casal de cientistas  brasileiros tem seu reconhecimento internacional. Suas pesquisas sobre a malária conduziram a criação da definitiva vacina contra a malária. O casal Ruth e Victor Nussenzweig vive nos Estados Unidos desde 1964, trabalhando na New York University. Foi lá que iniciaram suas pesquisas. Era um desafio maior do que tantos outros que a ciência enfrentou. Depois de sucessivas infecções, pessoas que vivem em áreas endêmicas não costumam adquirir imunidade. Daí, o raciocínio era lógico - se a natureza não gera uma resposta imune eficaz, a técnica não o conseguiria jamais. Ruth e seu marido desafiaram esse consenso. Criaram a vacina obtida de forma natural, que é um processo limitado em termos de produção.  Agora, com outras parcerias se chegou a vacina sintética, com aplicação de resultados bem positivos na África.
Fonte - jornal Lancet




Sarah Kemp, trabalha e mora em Edimburg, Escócia; George Bentley, reside em Londres. A internet os aproximou. Começaram a se corresponder pelo forgetdinner.co.uk, desde novembro do ano passado. Depois de quatro meses de muita conversa, marcaram um encontro para se verem frente à frente. Escolheram White Horse, um requintado de Londres, para o encontro.  Sarah, ao lado de George pensava – “eu nunca viria às cegas a Londres se não fosse por George”.  O amor realmente desabrochava. E de se falarem e falarem desabrochou uma outra verdade  – eram irmãos os dois. Seus pais haviam se separado há 35 anos e os filhos também - ela ficom a mãe e ele com o pai. George Bentley desapontado falou que sempre procurara pela irmã, mas encontrá-la dessa forma era de fazer chorar o dia todo.
Fonte - revista Época

CURIOSIDADES



Moisés e a Higiene . A primeira referência  escrita sobre a deposição de dejeto humano de que se tem notícia se encontra na Bíblia. Em Deuteronômio 23:12, Moisés, com grande visão de saúde, receitou para o povo : " Arranjem um lugar, fora do acapamento onde poderão fazer necessidade. Junto com as suas armas, levem uma pá e, antes de fazer necessidade, cavem um buraco e depois cubram as fezes com terra".
Fonte - revista Vida e Saúde





Calcanhar de Aquiles. Tróia era  uma cidade da Ásia Menor. A imagem da cidade no campo arqueológico continua imersa em mistério desde a sua alegada descoberta em 1826 pelo alemão Heinrich Schlieman. No campo lendário ela foi imortalizada  pelo poeta Homero. Nos seus versos, Tróia teria suportado um cerco dos gregos por exatos dez anos. Aquiles foi o seu maior herói. Segundo a lenda, quando Aquiles nasceu, sua mãe, Tetis, o mergulhou nas água do Rio Estige, segurando-o pelos calcanhares. Isto tornou o corpo do menino invulnerável. Não caindo-lhe a proteção, entretanto, sobre os calcanhares pois a água não os tocara. Aquiles terminou seus dias ferido por uma das flechas de Heitor, justamente no calcanhar. Daí, a expressão "calcanhar de aquiles", para indicar o ponto fraco de qualaquer pessoa.
Fonte Valmiro Rodrigues Vidal, Curiosidades



Nilo Peçanha e Artimanhas. Nilo Peçanha foi  Presidente do Brasil de 1909 a 1910. Era vice e assumiu o cargo com a morte do titular – Afonso Pena. Nascido no interior do Rio de Janeiro, Campos dos Goitacazes, filho de um padeiro percorreu um caminho árduo da base ao ápice. Mesmo depois de ter vencido as eleições para vice presidente da república ainda sofria resistências enormes procurando o afastar do centro das decisões. Mas Nilo Peçanha já tinha aprendido muito com a vida. Morador em Niterói, o morador usava uma artimanha para disfarçar o isolamento em que vivia. Pendurava quepes de oficiais-generais em um cabide próximo à janela. Quem passava na rua tinha impressão de que ele estava recebendo visitas de altas patentes militares. Mas não era. Segundo um dos seus biógrafos, Brígido Tinoco, sempre que seu prestígio estava em baixa, Nilo Peçanha fazia as peças voltarem ao cabide.
Fonte História de presidentes, Isabel Lustosa

sexta-feira, 8 de abril de 2011


Vereador Jair Nogueira


Volta Redonda. A Prefeitura Municipal bem que podia economizar um dinheirinho. Mas ela economiza, só em certos casos. Caducaram com o PCCS, agora, vão encomendar um outro novinho em folha. Vão chamar uma empresa de fora pra dizer quem deve ter aumento de  50% e quem deve ganhar 10%. Valha-nos Deus! Vai que seja uma do grupo da Locanty. A Locanty é esta empresa contratada para catar lixo e não cata. O Prefeito fica com raiva e, às vezes, diz até assim "Eu não agüento mais!!!" Mas tem agüentado. Deus nos guarde! Na verdade, nem precisava fazer nada. Temos um PCCS aprovado em 1995 que nunca foi respeitado. Portanto, pensando bem, tá novinho também. Uma lei municipal que nunca foi cumprida. E, agora, aos 16 anos de idade o prefeito fala que ela está caduca. Até a Dodora, presidente do SEPE, concorda. Diz que muita coisa mudou nesse tempo. É verdade. Inclusive ela, Dodora, mudou também. E como mudou... O Legislativo Municipal que zela pela legalidade dos atos do prefeito não se mete nessa questão. O Vereador Jair Nogueira, na sessão de quinta feira, discutia o show do Sérgio Reis. Como fora perder um espetáculo daquele! Ele pensou que o ingresso era uns R$ 30,00 mas era só uma caixinha de leite. Bobeou, dançou! E se lamentava profundamente.  Perdeu até o assunto. Mas não fiquei com dó dele, não.  Pois é claro que o  Prefeito Neto tira vantagem dessa sensibilidade juvenil da Câmara Municipal.  Tanto que o Prefeito fala que esse PCCS que está aí ele não cumpre de jeito nenhum: “Se o município fizer o que a lei manda, está falido.” Como é fácil descumprir a lei... o Prefeito com um único e escasso adjetivo – falido – dá um piparote na Câmara, nos sindicatos e no funcionalismo.
foto: Câmara Municipal de Volta Redonda

Lula e Roger Agnelli



Derrubado o presidente da Vale do Rio Doce pelo Governo Federal. Foi por má gestão? Não! Corrupção? Não! Excesso de competência é um crime imperdoável! Penso que foi assim com Roger Agnelli.  Todo mundo viu o salto que a empresa deu na sua gestão. Mas, enfim, Murilo Ferreira já mandou fazer o terno. E estamos conversados. Ao vencedor as batatas! A posse será dia 22. Dilma e Murilo  se conhecem desde o outro carnaval. É, portanto, uma ação entre amigos. Lula, por dois anos seguidos, quis interferir na administração da empresa. Mas não tinha esses laços com Agnelli. Amizade, amizade. Negócios à parte.  Não aceitava seus conselhos de a Vale expandir  seu parque industrial. Bem centrado nos interesses da empresa e dos acionistas, Agnelli resistia e resistiu. Até porque ele já conhecia a área – A Vale também investe em aço. Porém, tem sempre um porém, o Bradesco, grande acionista da Vale, deve alguma atenção ao governo federal. E, como uma mão lava a outra, o banco não se fez de rogado. Pediu a cabeça do homem. Dilma vingou Lula e está muito mais livre para dar aos seus aliados uns bons empregos

CURTAS

Tanto a mulher fez, insistiu e reivindicou a igualdade entre os sexos que, agora já não são apenas os políticos que reconhecem a similitude entre eles; a própria ciência assina embaixo -  a mulher está cada vez mais parecida com o homem. É o que dizem pesquisadores da Univerdade Carolina do Norte, nos Estados Unidos. Eles examinaram centenas de crânios espanhóis e portugueses de até 4 séculos atrás. E lhes ficou muito claro que as diferenças entre os esquelesto masculinos e femininos estão desaparecendo. A caixa craniana e a estrutura facial dos dois vem assumindo um mesmo desenho.
Fonte jornal O Estado de São Paulo

Ama de leite é uma figura quase estranha na sociedade atual. Existem os bancos de leite que são uma reminiscência daqueles velhos tempos. Mas os bancos de leite não tem dado conta à demanda. Eis um problema a ser resolvido. Pesquisadores chineses estão dando um importante passo nessa direção. Eles dizem ter modificado geneticamente 300 vacas para produzir leite parecido com o humano. A chave de tudo é uma proteína especial chamada lisozima, abundante no leite humano e em pequena quantidade no leite da vaca.
Fonte e ilustração Live Science

Winston Jansen é um fotógrafo amador que atingiu seu momento de fama como paparazzi. Não que ele tenha flagrado uma modelo em fotos picantes ou em situação comprometedora. O que ele fotografou foi um inseto. Jansen passeava numa floresta em Cingapura quando viu o inseto num galho. A camuflagem do bicho chamou-lhe  a atenção porque lembrava muito o cantor Elvis Presley que foi assim uma espécie de rei do rock nos anos 50-60. A foto correu por vários jornais e revistas do mundo.
Fonte The Daily Telegraph


CURIOSIDADES



O duelo é um confronto entre duas pessoas, por motivações diversas. Para alguns, o primeiro duelo foi o bíblico encontro entre David e  Golias. Há, entretanto, os que trazem sua origem bem mais pra cá – a disputa entre Guilherme II (Conde De Eu) e Godofredo Baynard, em 1096. Segundo os historiadores, era grande a matança entre os nobres franceses. No século XVI o duelo sofreu sua primeira proibição, mas não conseguiram por fim à prática. Nos tempos de Luís XIII, Richelieu decretou pena de morte para os duelistas. No Século XVIII, entretanto, o duelo estava oficializado e até com regulamentação formal. Por essas leis um ou mais duelantes morriam, muitas vezes por proposital falta de socorro, mesmo que tivesse algum médico por perto. Inicialmente esses combates eram feitos com sabre, espada ou a florete. A introdução da pistola data do tempo da Revolução Francesa. Na Idade Média, era costume o adversário mandar fazer o enterro de sua vítima, depois de lavada a honra.
Fonte Valmiro Rodrigues Vidal - Curiosidades   ; ilustração opuma.blogspot.com



 
Bastilha foi construída durante a Guerra dos Cem Anos, por Carlos V. A obra iniciou-se em 22 de abril de 1370 e foi concluída em 1382. Estava pronto o histórico castelo. Carlos VI foi quem transformou o velho casarão em presídio. Richelieu, por decreto especial do soberano a quem servia,  a transformou numa prisão do Estado. Ali, encarceravam-se os nobres ou grandes senhores que faziam oposição à Casa Real de França. Era um presídio aristocrático, e, por este motivo, sua direção cabia a fidalgos escolhidos pelo Rei. Em 1792 já era um prédio desgastado, com baixíssimas condições de higiene, não mais satisfazia as exigências aristocráticas. O castelo achava-se em ruínas e com repugnante aspecto. Aí, foi transformado numa prisão para a plebe. Esta prisão tornou-se célebre pelos acontecimentos de 14 de julho de 1789, data em que foi tomada pelo povo, às cinco horas da tarde. No pátio do velho casarão procedeu-se a matança de 95 inválidos e 30 suíços que compunham a guarnição da Bastilha. E  sete prisioneiros foram liberados.
Fonte Valmiro Rodrigues Vidal - Curiosidades


A anestesia foi descoberta por um dentista há 200 anos. Antes da sua descoberta os pacientes cirúrgicos eram amarrados e os mais sortudos desmaiavam. Horace Wells acabou com esse sofrimento. Numa palestra de  Wells, um dos convidados, sob os efeitos do gás hilariante, saiu pelo auditório a correr, socando os joelhos e as canelas pelos bancos e não sentiu nenhuma dor. No dia seguinte, 11 de dezembro de 1844, Wells  se fez cobaia de si mesmo. Inalou gás hilariante e pediu que um dos seus colegas lhe extraísse um dente que o incomodava. A extração foi feita com amplo sucesso. Durante um mês, Wells fez fama e dinheiro com essa sua nova prática. Depois, foi a Boston para uma demonstração da sua descoberta.  Wells usou uma quantidade insuficiente do óxido nitroso e o paciente sofreu sérias dores. Wells foi então posto pra fora como charlatão, caiu em descrédito e abandonou a odontologia.

CORRESPONDÊNCIA




Está aí uma foto do morro. Lembra? Este aí não é um morro qualquer. É o Morro do Bumba, que fica na cidade de Niterói, mais precisamente no bairro Viçoso Jardim. Pois é. Neste lugar, foram soterradas várias famílias que, em troca de uns votinhos, receberam permissão para construir suas casas em cima de um aterro sanitário desativado. Hoje, ficou assim sem as casas então construídas. Parece um cemitério parque, não é verdade? Gastaram-se aqui quantias que teriam sido melhor aplicadas na construção de moradias para os desabrigados por aquelas chuvas, que ainda hoje estão morando num quartel desativado (terceiro BI), que fica no bairro Venda da Cruz, nesta cidade. Depois de construídas todas as casinhas bem que justificava a construção desse parque no lugar do terrível desastre. Mas desse jeito, não (Braz Lopes, São Gonçalo, Rio de Janeiro)

segunda-feira, 4 de abril de 2011

VEM NENEM, VEM! NENEM VEM!


Havia um velho que catava crianças. Enfiava-as num saco preto que carregava nas costas. As mães não sabiam explicar o que o velho fazia com o produto da caçada. Diziam apenas "o velho cata crianças!" a gente acreditava e pronto. A partir daí, sair do portão pra fora só segurando bem firme nas mãos dos pais ou em outras mãos adultas em quem nossos pais confiavam. Mais tarde soube de um outro tipo muito temido - eram os comunistas. Eles comiam criancinhas. Eram uns escorraçados. Nem um homem honrado falava eu tenho um amigo comunista.  Também, pudera! Comer criancinhas... No entanto, o que é o tempo!  Hoje, já temos um Código do Idoso que protege os velhos das maldades dos mais pequenos. E, em nossa Câmara Municipal um vereador comunista que, por ironia do destino, é chamado Neném. Forte e bem nutrido neném.  Ele é do  PCdoB e não corre nenhum risco. E nunca soube que nenhum eventual atraso seu para o jantar povoasse de minhocas a cabeça da sua esposa. . Ele está à vontade. Sua esposa está à vontade. E, por que não dizer, seus assessores também.  Afinal, eles dependem da saúde do vereador.  Neném está com a consciência tranquila. Tão tranquila que nem se toca com o funcionalismo  municipal querendo o mesmo aumento de salário dos médicos. O Prefeito Neto deu  50% para os médicos e propõe 10% ,  para os funcionários. Tem que se explicar ao refeito, que o  estômago do médico não é cinco vezes maior do que o da professora, por exemplo. Esta situação, no entanto, não interessa ao nosso comunista. Neném quer aumentar é o mandato da Mesa  Executiva da Câmara Municipal de 1 para 2 anos. Cheio de argumentos. Sua tese principal é que com a mudança a casa teria mais tempo para destituir uma administração desastrosa. "Como no caso da administração anterior...",  caso Soró. Neusa Jordão,   que por mal dos pecados é pediatra, acudiu o Neném com seu apoio. Quase colo.  Conrado também o apóia porque assim os vereadores seriam escolhidos com mais cuidado. Será? 

Foto: TV Bandeirantes


Auditores do MT viram com os seus próprios olhos. Lá, nas oficinas da Dorbyn, em dois cômodos sem janelas e com 6m2 cada, se acomodavam 16 bolivianos, mais maquinário, mais sacos de pano e  de batatas e tres crianças. Ora elas se distraíam com alguns retalhos caídos no chão, ora faziam o maior berreiro, querendo brincar lá fora. Ficavam confinados ali de 8h da manhã às 22h. Uma coisa! Ali, naquele lugar se produziam peças de vestuários para as Pernambucanas, uma empresa que em 2009 faturou R$ 4,2 bilhões. Não parecia verdade. Mas os auditores constatavam isto, checando as etiquetas e examinando outros indicadores. A situação não era nova para eles. Já conheciam isto de oficinas que produziam para a Marisa e a Collins. Bolivianos são trazidos dos seus berços livres para serem escravos no Brasil. Um enredamento de dívidas os faz, ou faria, definitivamente prisioneiros no sistema de não ter hora para largar do serviço e receber R$ 0,20 centavos por peça concluída. Imagina-se que existem cerca de 8 mil oficinas dessas, no Brasil. As Pernambucanas foram multadas em 2 milhões de reais. Tentaram se explicar dizendo que não trabalhavam com a produção. A produção era contratada a Dorbyn,mas não colou. As Pernambucanas definiam os modelos, os tamanhos, as quantidades, e a data da entrega. É isto. E ainda quer dizer, agora, feito o Maluf - "Essa assinatura não é minha!"

CURTAS

Foto divulgada pela Polícia Austríaca
Não se sabia se eram um, dois, três ou mais os assaltantes. Os registros das câmaras gravavam sempre um mesmo rosto - o do Obama, como poderia ser o do Lula, o do Neto ou do Papa Bento XVI. É que o divertido assaltante afivelava à própria cara uma máscara com o rosto do Barack Obama, o Cara do Norte.   E, com isto, se tornou o ladrão mais célebre da Áustria. Hoje,  depois da ingestão da TV Globo o adjetivo célebre se aplica até a participantes do BBB. Mas deixemos a TV Globo que isto é assunto doméstico e eu trato de um caso internacional. O ladrão, enfim, foi preso, no último dia de março, logo depois de  assaltar uma agência em Voecklabruck. Está preso também como autor de outros nove assaltos no mesmo estilo. Um policial disse acreditar que o assaltante também não é importado. Ele fala sem sotaques estrangeiros. 



Deu-se na  vila de Kamat-Chengrabanda, no nordeste indiano,  esse estranhíssimo caso de uma galinha virar galo. Explicações surgiram as mais diversas, inclusive a de que o fim do mundo está próximo. Mas o que o dono da galinha podia dizer de certo mesmo é que a bichinha até seis meses atrás estava muito satisfeita com o seu papel na reprodução da espécie. Botava ovos e até cantava, aliás, como o fazem todas as galinhas. Dizem que cantava alto mesmo. Mas aí, bem no alto da sua cabeça,  veio despontando uma crista de galo. Muita gente chegou a pensar que era chifre, mas chifre não era. Viu-se logo que chifres e galinhas são incompatíveis. O dono chamou por fim o veterinário Partha Sarathi Ghose, que foi à vila conhecer o animal de corpo presente e relatou o acontecido, tim-tim por tim-tim, ao  Instituto de Ciências Alimentares e de Agricultura da Universidade da Flórida, nos Estados Unidos. Aí, o instituto, espalhou as  palavras do veterinário, pelos quatro ventos. Disse que o veterinário não tinha nenhuma suspeita de fraude. Dissera que mudanças espontâneas de sexo podem ser resultados de danos ao ovário do animal. O estudo afirma ainda que há registros de que esses animais podem dar cria, embora isso raramente aconteça. Agora, a expressão "esse frango é franga" vai ganhar mais sentido.
A revista News Medical publicou que as lágrimas da mulher são um desestímulo para o ato sexual. Trazem consigo a mensagem que a libido masculina decodifica como  “não”, ou “agora, não”. Este procedimento foi observado até entre as toupeiras que não enxergam nem um palmo à frente do nariz. É de pesquisadores do Instituto Weizmann, em Israel, esse trabalho. Eles submeteram um grupo de mulheres à projeção de um filme triste. Em seguida colheram suas lágrimas. Num cômodo afastado havia dois grupos de homens. A um deram as lágrimas então colhidas para cheirar; ao outro simplesmente água. Depois, a todos eles foram apresentadas fotos de mulheres. Os homens que haviam cheirado lágrimas demonstraram menor tendência  a considerá-las sexualmente atraentes. Além disto esses exames mostraram que esses homens tiveram uma queda significativa nos níveis de testosterona. Contei essa história a minha vó que, nas horas de perigo, ela diz que é mais seguro confiar nas pernas e contar com as lágrimas.


CURIOSIDADES


Rapto das Sabinas. Sabino era um antigo povo da Itália, de raça ariana ou pelásgica. Habitavam a parte central da Itália. Logo após a fundação de Roma, uma cidade com um número muito maior de homens, Rômulo e seus seguidores saíram a procura de esposas para formarem suas famílias. Tentaram negociá-las com os sabinos, mas estes não permitiram que suas mulheres se casassem com os romanos. Aí, Rômulo inventou um festival e os convidou para assisti-lo.  Durante o festival Rômulo deu um sinal  de que era chegada a hora de lhes raptarem as mulheres. Os sabinos não aceitaram assim no mole, não. Atiraram-se à luta contra Rômulo. Mas foram então supreendidos pelas suas mulheres e filhas raptadas, que se postaram de joelhos entre os pais e os esposos. E ficou selado um entendimento. Os romanos ficaram com quantas mulheres quiseram. Fonte: Valmiro Rodrigues Vidal, Curiosidades


Nó górdio. Muitos usam esta expressão quando têm que resolver uma grande dificuldade - "cortar o nó górdio".  Conta-se que Górdio era um lavrador frígio (da Ásia Menor). O rei da Frígia morrera e não possuía herdeiro. O oráculo afirmava que seu sucessor chegaria num carro de  bois. E, Górdio chegando num carro de boi foi coroado rei. Seu filho e sucessor Midas consagrou aquele carro a Zeus, amarrando-o com um  nó a uma coluna. Un nó que era impossível desatá-lo. Midas morreu sem deixar herdeiros. Desta vez, o oráculo ouvido de novo afirmou que quem desatasse o nó de Górdio dominaria toda a Ásia Menor. Vinha gente de longe para tentar o feito. Ninguém conseguia.  Alexandre, O Grande, foi ao Templo de Deus examinar o nó. Olhou, desembainhou a espada e cortou o nó, fingindo que executava o predito pelo oráculo. E, assim, Alexandre dominou a Ásia.




Povos Bárbaros. Gregos e romanos, na Antiguidade, deram esse nome a todos os povos estranhos à sua civilização. Francos, burgúndios, turcos, húngaros, suevos, vândalos, lombardos, hunos, ávaros, visigodos, magiares e outros. A história conservou o nome de bárbaros para as hordas armadas que invadiram o famoso Império Romano, do século III ao século IV da Era Cristã. Para os romanos, bárbaro era aquele que não falava grego nem latim.


CARTA DO LEITOR
Elson, penso gostaria que você publicasse em seu blog este texto que me caiu nas mãos. Um abraço
VOU ABRIR MINHA IGREJA E JÁ VOLTO (Jornal A Folha de São Paulo).

Eu, Claudio Angelo, editor de Ciência da Folha, e Rafael Garcia, repórter do jornal, decidimos abrir uma igreja.
Com o auxílio técnico do departamento Jurídico da Folha e do escritório Rodrigues Barbosa, Mac Dowell de Figueiredo Gasparian Advogados, fizemo-lo. Precisamos apenas de R$ 418,42 em taxas e emolumentos e de cinco dias úteis (não consecutivos) . É tudo muito simples.
Não existem requisitos teológicos ou doutrinários para criar um culto religioso. Tampouco se exige número mínimo de fiéis.
Com o registro da Igreja Heliocêntrica do Sagrado Evangélio e seu CNPJ, pudemos abrir uma conta bancária na qual realizamos aplicações financeiras isentas de IR e IOF. Mas esses não são os únicos benefícios fiscais da empreitada. Nos termos do artigo 150 da Constituição, templos de qualquer culto são imunes a todos os impostos que incidam sobre o patrimônio, a renda ou os serviços relacionados com suas finalidades essenciais, as quais são definidas pelos próprios criadores. Ou seja, se levássemos a coisa adiante, poderíamos nos livrar de IPVA, IPTU, ISS, ITR e vários outros "Is" de bens colocados em nome da igreja.
Há também vantagens extratributárias. Os templos são livres para se organizarem como bem entenderem, o que inclui escolher seus "sacerdotes". Uma vez ungidos, eles adquirem privilégios como a isenção do serviço militar obrigatório (já sagrei meus filhos Ian e David ministros religiosos) e direito a prisão especial.


LISTA DE "IGREJAS" ABERTAS NO BRASIL EM 2010 (até setembro)

- Igreja da Água Abençoada
- Igreja Adventista da Sétima Reforma Divina
- Igreja da Bênção Mundial Fogo de Poder
- Congregação Anti-Blasfêmias
- Igreja Chave do Éden
- Igreja Evangélica de Abominação à Vida Torta 
- Igreja Batista Incêndio de Bênçãos
- Igreja Batista Ô Glória!
- Congregação Pass o para o Futuro
- Igreja Explosão da Fé
- Igreja Pedra Viva
- Comunidade do Coração Reciclado
- Igreja Evangélica Missão Celestial Pentecostal
- Cruzada de Emoções
- Igreja C.R.B. (Cortina Repleta de Bênçãos)
- Congregação Plena Paz Amando a Todos
- Igreja A Fé de Gideão
- Igreja Aceita a Jesus
- Igreja Pentecostal Jesus Nasceu em Belém (do Pará?????)
- Igreja Evangélica Pentecostal Labareda de Fogo
- Congregação J. A. T. (Jesus Ama a Todos)
- Igreja Evangélica Pentecostal a Última Embarcação Para Cristo (quem perder vai ficar!!!)
- Igreja Pentecostal Uma Porta para a Salvação
- Comunidade Arqueiros de Cristo
- Igreja Automotiva do Fogo Sagrado
- Igreja Batista A Paz do Senhor e Anti-Globo
- Assembléia de Deus do Pai, do Filho e do Espírito Santo
- Igreja Palma da Mão de Cristo
- Igreja Menina dos Olhos de Deus
- Igreja Pentecostal Vale de Bênçãos
- Associação Evangélica Fiel Até Debaixo DÁgua
- Igreja Batista Ponte para o Céu
- Igreja Pentecostal do Fogo Azul
- Comunidade Evangélica Shalom Adonai, Cristo!
- Igreja da Cruz Erguida para o Bem das Almas
- Cruzada Evangélica do Pastor Waldevino Coelho, a Sumidade
- Igreja Filho do Varão (Opa!!! Se puxar o pai vai se dar bem!!!!)
- Igreja da Oração Eficiente
- Igreja da Pomba Branca
- Igreja Socorista Evangélica
- Igreja A de Amor 
- Cruzada do Poder Pleno e Misteri oso
- Igreja do Amor Maior que Outra Força
- Igreja Dekanthalabassi
- Igreja dos Bons Artifícios
- Igreja Cristo é Show
- Igreja dos Habitantes de Dabir
- Igreja Eu Sou a Porta
- Cruzada Evangélica do Ministério de Jeová, Deus do Fogo
- Igreja da Bênção Mundial
- Igreja das Sete Trombetas do Apocalipse
- Igreja Barco da Salvação
- Igreja Pentecostal do Pastor Sassá
- Igreja Sinais e Prodígios
- Igreja de Deus da Profecia no Brasil e América do Sul
- Igreja do Manto Branco
- Igreja Caverna de Adulão
- Igreja Este Brasil é Adventista
- Igreja E..T.Q.B (Eu Também Quero a Bênção)
- Igreja Evangélica Florzinha de Jesus
- Igreja Cenáculo de Oração Jesus Está Voltando
- Ministério Eis-me Aqui
- Igreja Evangélica Pentecostal Creio Eu na Bíblia
- Igreja Evangélica A Última Trombeta Soará
- Igreja de Deus Assembléia dos Anciãos
- Igreja Evangélica Facho de Luz
- Igreja Batista Renovada Lugar Forte
- Igreja Atual dos Últimos Dias
- Igreja Jesus Está Voltando, Prepara-te
- Ministério Apascenta as Minhas Ovelhas
- Igreja Evangélica Bola de Neve
- Igreja Evangélica Adão é o Homem
- Igreja Evangélica Batista Barranco Sagrado
- Ministério Maravilhas de Deus
- Igreja Evangélica Fonte de Milagres
- Comunidade Porta das O velhas
- Igreja Pentecostal Jesus Vem, Você Fica 
- Igreja Evangélica Pentecostal Cuspe de Cristo
- Igreja Evangélica Luz no Escuro
- Igreja Evangélica O Senhor Vem no Fim 
- Igreja Pentecostal Planeta Cristo
- Igreja Evangélica dos Hinos Maravilhosos
- Igreja Evangélica Pentecostal da Bênção Ininterrupta
- Assembléia de Deus Batista A Cobrinha de Moisés
- Assembléia de Deus Fonte Santa em Biscoitão
- Igreija Evangélica Muçulmana Javé é Pai
- Igreja Abre-te-Sésamo
- Igreja Assembléia de Deus Adventista Romaria do Povo de Deus
- Igreja Bailarinas da Valsa Divina 
- Igreja Batista Floresta Encantada 
- Igreja da Bênção Mundial Pegando Fogo do Poder
- Igreja do Louvre
- Igreja ETQB, Eu Também Quero a Bênção
- Igreja Evangélica Batalha dos Deuses 
- Igreja Evangélica do Pastor Paulo Andrade, O Homem que Vive sem Pecados (é o Cristo em pessoa!!)
- Igreja Evangélica Idolatria ao Deus Maior
- Igreja MTV, Manto da Ternura em Vida
- Igreja Pentecostal Marilyn Monroe
- Igreja Quadrangular O Mundo É Redondo 
- Igreja Pentecostal Trombeta de Deus (Samambaia -DF)
- Igreja Pentecostal Alarido de Deus (Anápolis -GO)
- Igreja pentecostal Esconderijo do Altíssimo (Anápolis -GO)
- Igreja Batista Coluna de Fogo (Belo Horizonte -MG)
- Igreja de Deus que se Reúne nas Casas (Itaúna -MG)
- Igreja Evangélica Pentecostal a Volta do Grande Rei(Poços de Caldas-MG)
- Igreja Evangélica Pentecostal Creio Eu na Bíblia (Uberlândia -MG)
- Igreja Evangélica a Última Trombeta Soará (Contagem -MG)
- Igreja Evangélica Pentecostal Sinal da Volta de Cristo (Três Lagoas -MS)
- Igreja Evangélica Assembléia dos Primogênitos (João Pessoa -PB)
- Ministério Favos de Mel (Rio de Janeiro -RJ)
- Assembléia de Deus com Doutrinas e sem Costumes (Rio de Janeiro -RJ)

Cláudio Rosiere, São Lourenço, Minas Gerais